• home
  • Blog
  • 5 dicas sobre como educar um Border Collie

icone-calendario 1 de novembro de 2021

5 dicas sobre como educar um Border Collie

O cachorro Border Collie está entre uma das raças mais fáceis de se treinar. E não é para menos, parece que nasceram para isso e a sua história diz muito sobre isso. Eles foram criados de modo a servirem como pastoreios em outros animais. Além disso, são uma das raças mais inteligentes.

Alguns especialistas apontam que o treinamento pode ser conduzido com base no comportamento e características de cada raça. No entanto, levando a inteligência e obediência do Border Collie em consideração, o processo de adestramento pode ser mais tranquilo do que você imagina. 

Eles possuem um raciocínio lógico bastante desenvolvido e captam com mais rapidez os comandos e ordens que seus tutores ensinam. Para tornar este processo ainda mais fácil, separamos 5 dicas neste artigo. Continue com a leitura.

Quando começar a adestrar um Border Collie?

Embora a inteligência desta raça seja algo superior, ainda sim, é recomendado, assim como outros cães que o adestramento seja feito o quanto antes. O tempo inicial é de 3 meses e no mínimo até 6 meses de vida.

Existe um tempo determinado para cada tipo de adestramento. Entre os 3 a 6 meses, por exemplo, é indicado que você comece a socializar o cachorro Border Collie para aprender a conviver com outros animais e acostumar a vivência em ambientes diferentes.

Na idade dos 6 a 12 meses, será possível controlar os latidos dos Border Collies que vamos combinar (são demais). Além disso, nessa altura você também poderá ensinar instruções básicas como: pedir para que traga algum objeto para você ou até rolar esse objeto quando solicitado.

Após o 1º ano o cachorro Border Collie estará maduro o suficiente para receber instruções mais específicas e um pouco mais difíceis de fazer, quando se é um Border Collie filhote. Além de treinar em casa, a raça também vai estar preparada para receber treinamento de um profissional, caso você considere essa possibilidade. 

Exercícios com o Border Collie

Além disso, o cachorro Border Collie deve sempre receber estímulos através de exercícios, visto que é uma raça com bastante energia. Por isso, faça brincadeiras que envolvam bastante ação e movimentos, para que a raça gaste todas as suas disposições e sempre esteja disposto a repetir. São estímulos que fazem toda a diferença quando for treiná-los.

Por natureza esses cães possuem bastante disposição, então, é necessário que os tutores aproveitem isso no dia a dia. Além do mais, esses estímulos servem para que psicologicamente e fisicamente o cachorro Border Collie, se mantenha saudável para viver bem e com bons comportamentos.

Como deixar o seu Border Collie mais calmo? 

Apesar da agitação e energia da raça Border Collie, em algumas situações é importante manter o cão calmo, pois, nem sempre toda essa carga pode ser favorável. No entanto, para que os tutores possam manter os cães mais tranquilos, primeiramente, é importante pensar quais são os gatilhos que ativam o “modo ação” dos Border Collies. Listamos alguns aqui, confira:

Evite espaços muito fechados

O Border Collie possui uma estrutura física maior que os outros cães e, portanto, podem se sentir incomodados em ambientes muito fechados ou com espaços pequenos. Então, se você mora em um apartamento, não recomendamos que você tenha um. Se você reside em uma casa com espaço maior, procure deixar seu cão em um espaço só para ele – no quintal da sua casa, por exemplo. Afinal de contas, se ele está em um ambiente que o deixe confortável, involuntariamente ele se tornará um cão mais calmo e assim, será ainda mais fácil educá-lo. 

Faça passeios com o Border Collie com frequência:

Mantê-los no quintal da casa não é o suficiente. Como comentamos neste artigo, o cachorro Border Collie precisa de estímulos mentais, físicas e o passeio é a melhor forma de fazer isso. Construa uma rotina de passeios e leve-o em um parque com bastante espaço para ele correr, brincar e fazer suas necessidades. Sair de casa é uma forma de socializar o Border Collie e acostumá-los em outros ambientes que não seja apenas o lar.

Como fazer o Border Collie obedecer?

Uma das principais dicas de adestramento geral é manter a consistência no treinamento, isso serve para qualquer tipo de raça que você estiver educando. Com os Border Collies não é diferente. Se você não mostra uma postura ideal de que está no comando, eles podem se aproveitar e passar a ter mau comportamento diante dos tutores e em qualquer lugar que vocês estiverem.

Ser gentil também faz parte, independentemente do treinamento, no qual você precisa ter uma postura mais firme, demonstre que ama e seja amistoso em todas as etapas do adestramento com o seu cachorro. Nada é mais importante do que mostrar que está ali para o bem dele e para o relacionamento mútuo entre o cachorro e seus tutores. 

Passo a passo para adestrar o cachorro Border Collie

Agora confira um passo a passo que separamos para você ser bem-sucedido ou bem-sucedida com o cachorro Border Collie. Confira:

Conheça o seu Border Collie

Primeiro de tudo, você conhece como o seu Border Collie se comporta? Quais são as principais características dele? O que ele gosta ou o que não gosta? Se não, você precisa saber tudo, para que o treinamento seja realizado com base em seus gostos e personalidades. Para te ajudar, temos um artigo completo sobre tudo o que você precisa saber sobre o cachorro Border Collie.

Ensinando a comandos

De acordo com a idade do seu cão, que você já leu aqui neste artigo, divida os comandos em partes. Por exemplo, comandos como “ficar ou sentar” podem ser feitos um em seguida do outros, mas com alguns passos:

Primeiro, peça para o seu Border Collie sentar, depois peça para ele ficar e gesticule com as mãos, se ele sair do lugar ou não lhe obedecer por hora, coloque-o de novo no lugar ou na posição quantas vezes forem precisos até que ele entenda e obedeça.

Segundo, fala o revezamento desses truques, sempre com um de cada vez. Contudo, o segredo é repetir e dar intervalos para que o seu cão descanse um pouco e volte a praticar o que você está ensinando. 

Brincadeiras a parte

Quando falamos que os Border Collies precisam de estímulos, não é brincadeira. Você já leu algumas vezes sobre isso neste artigo. Por isso, enfatizamos a importância de estimular o cachorro Border Collie a brincar, correr, pular e gastar toda a sua energia. Esse é um dos pontos essenciais que manterá um Collie atento aos seus comandos.

Recompensas

Não deixe de recompensar o cachorro Border Collie com petiscos ou um pouco de ração durante o treinamento e depois. Inclusive, durante o processo, é importante que você presenteie seu cão com um petisco sempre que ele obedecer. Em alguns comandos, por exemplo, você também pode segurar o petisco na mão e incentivar que ele siga suas instruções. 

Conclusão:

Essas dicas vão te ajudar a manter um processo de adestramento mais fácil e evitando erros que podem atrapalhar. Por isso, siga todos os passos e depois nos conta o que achou. Além disso, muitas pessoas têm dúvidas de qual é o tempo que o adestramento leva, mas isso depende muito, viu? Mas, é claro que se você passa a dedicar uma hora do seu dia para treinar o cachorro Border Collie, menos tempo vai levar para que ele consiga pegar todos os comandos e siga todas as suas instruções relacionadas ao bom comportamento.

Saiba Mais: https://www.animalepetshop.com.br/blog/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-border-collie/

Instagram: https://www.instagram.com/animalepetshop/


Posts Relacionados

obesidade-nos-cachorros


12 de fevereiro de 2014 Ver mais >
castracao-evita-doencas


14 de fevereiro de 2014 Ver mais >
ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail