• home
  • Blog
  • Brinquedos e jogos: benefícios à saúde do pet

icone-calendario 5 de maio de 2014

Brinquedos e jogos: benefícios à saúde do pet

brinquedos e jogos trazem beneficios a saude do seu pet

Nossos pets, assim como os humanos, se aproveitam brinquedos e jogos para desenvolver o físico e a mente. Animais ansiosos, destrutivos, estressados e até aqueles que não se sociabilizam bem podem tirar proveito desses benefícios. S

e ele fica muito tempo sozinho em casa, também existem maneiras de fazer com que brinque sem destruir os seus pertences. Com esses objetos, ele acaba resgatando alguns instintos básicos, como buscar, caçar e explorar, o que proporcionará maior bem-estar para o bichinho, além de fazê-lo ficar mais tranquilo.

Os brinquedos também podem ser usados para treiná-los, como recompensa por um trabalho benfeito, como atividade física e de sociabilização, além de fazê-los “gastar energia” com o dono, em casa ou não. Mas é preciso terem mente alguns fatores antes de propor uma nova brincadeira, pois, se não for escolhida com cuidado, o resultado pode ser desastroso e até levar a uma intervenção cirúrgica.

O momento da decisão

Os modelos, cores, tamanhos, texturas e preços dos brinquedos são muitos e variados. Para não errar na hora de eleger um para o seu animal, deve-se levar em conta fatores como a rotina dele, seu porte físico, a força que possui, assim como o temperamento que apresenta. A qualidade (durabilidade) e o tamanho do brinquedo também devem ser observados.

Os com miudezas são perigosos para os cães. Isso porque, se ele ingerir algum desses componentes, terá de passar por uma cirurgia para retirá-lo. Elementos com sininhos são um divertimento para os gatos, que vão deixá-lo de lado depois de um tempo, diferente dos cães, que não sossegarão até descobrir a origem desse barulho”, exemplifica Danilo Matias, adestrador do Pet Hotel Dog Life.

A qualidade do material utilizado também não pode ser negligenciada. Se eles conseguem destruí-lo com facilidade, acabam ingerindo os pedaços”, complementa Dalton Ishikawa, veterinário e proprietário da Pet Games. Outro fator importante que deve ser considerado é o tamanho do brinquedo em relação ao focinho do animal. Pets com essa parte muito grande, quando abocanham uma bolinha jogada pelo dono, por exemplo, podem acabar batendo o dente no solo.

Por causa da empolgação, velocidade e força aplicada, quebram e por vezes até perdem o dente. Vale ressaltar que, quando isso acontece, precisam ser levados a um veterinário, que fará o procedimento cirúrgico de retirada da raiz. Para evitar que isso ocorra, “a bola (ou outro brinquedo) desses animais deve ser maior que as convencionais, para que ela ‘sobre’ na boca e os dentes não fiquem para frente na hora em que a estiver segurando”, ensina Matias.

Na Animale Pet Shop, você encontra uma diversidade de brinquedos e jogos para diversão do seu pet!

Quer saber mais sobre animais? Acesse:

6 sinais de doenças cardíacas


Posts Relacionados

obesidade-nos-cachorros


12 de fevereiro de 2014 Ver mais >
castracao-evita-doencas


14 de fevereiro de 2014 Ver mais >
ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail