• home
  • Blog
  • Husky Siberiano: Tudo o que você precisa saber sobre a raça

icone-calendario 22 de outubro de 2021

Husky Siberiano: Tudo o que você precisa saber sobre a raça

Os Huskys Siberianos são semelhantes aos lobos, são muito conhecidos como cão de trenó com movimentos rápidos, características amigáveis e gentis. Neste artigo, você vai saber mais sobre a história desta raça que conquista brasileiros e são atrações de filmes americanos famosos. 

História do Husky Siberiano e origem da raça

O Husky Siberiano é um cachorro peludo que surgiu há 2 mil anos, durante a pré-história, no Rio Kolyma que se encontra no noroeste da Sibéria. A raça foi criada pelos nômades —, tribos errantes e tipos caçadores-coletores ou pastores.

A civilização deste povo deixou os Huskys bastante conhecidos pela sua utilidade em puxar trenós em condições de baixa temperatura e pastorear gados. Você pode notar isso, por exemplo, em muitos filmes americanos, onde os Siberianos fazem sucesso, por serem parecidos com os lobos e surgirem em cenários de neves e muito frio. 

Em 1867, esses cães foram migrados da Sibéria para o noroeste do Canadá, e ajudaram uma população localizada na área americana do país, a transportar medicamentos e suprimentos, em meio a uma tempestade que na época, deixou os habitantes isolados. Este acontecimento foi suficiente para que os Huskys se tornassem conhecidos no mundo todo. 

Por isso, embora os Huskys sejam semelhantes aos lobos, eles não são descendentes dos lobos selvagens do ártico. Contudo, de acordo com a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), essa raça faz parte do quinto grupo da família Spitz que também são parecidos com lobos e são separados por tamanhos e portes. 

Husky Siberiano: características da raça 

Este clássico cão do norte, são amigáveis e muito inteligentes – não é de se duvidar, uma vez que surgiram entre os povos caçadores-coletores, não é mesmo? Como comentado, eles têm características e porte parecido com um lobo. 

É um animal com uma beleza excessiva. A pelagem dos Huskys possuem pelos duplos e lisos de comprimento médio e com uma aparência peluda que encanta: são macias e diversas – você pode encontrar a variação entre branco, preto-e-branco, cinza-e-branco, chocolate-e-branco, entre outras.

Os olhos dos Huskys também chamam muita atenção, pois, normalmente tem um contraste com a cor da sua pelagem. São claros e geralmente as cores variam entre: verdes, azuis, amarelos ou castanhos. Porém, alguns podem ter um olho de cada cor, devido a uma anatomia genética. 

Tamanhos e porte do Husky Siberiano 

Os Huskys Siberianos possuem um porte médio e são mais compridos do que alto. A altura pode variar de 50,8 até 59,69 centímetros. Os huskys Siberiano fêmeas, dificilmente passam dos 56 centímetros e os Siberianos machos possuem aproximadamente 53,5 centímetros. 

Peso do Husky

O peso do cachorro lobo é proporcional a sua altura, no entanto, as fêmeas chegam a pesar (15,5 kg) a (23 kg) e os machos (20,5 kg) a (28 kg). Essas medidas são consideradas de acordo com o limite máximo de altura e peso, sem comparar com um porte em específico. 

E o Siberiano Filhote?

Os Siberianos filhotes geralmente têm um tamanho de (6 kg) a (10 kg), sendo proporcional ao seu tamanho que também pode variar. Além disso, identificar se o cão ainda é filhote, é importante saber há quantos meses ele nasceu. Ainda são considerados filhotes, o Husky que possui até 9 meses de vida, depois dos 10 meses, são considerados adultos e possuem uma expectativa de chegarem até os 14 anos, já adultos. 

Husky Siberiano: Personalidade e temperamento

Os Huskys, assim como muitos cães, são teimosos, mas também muito inteligentes. Eles gostam bastante da companhia dos humanos, mas cuidado ao colocá-los ao lado de animais felinos. Eles não são muito amigáveis com os gatos. Fora isso, quase sempre estão dispostos a brincar e demonstram bastante afeto. 

Apesar da sua origem e porte, essa raça não é indicada para ser cão de caça ou cão de guarda, pois não possuem características hostis necessárias para combates em ocasiões de invasores ou a presença de pessoas estranhas. São cães independentes e cheios de energia. 

Adestramento do Husky Siberiano 

No entanto, os os Siberianos possuem uma energia de sobra e sobretudo, são teimosos. Eles podem ser um pouco difíceis de lidar no dia a dia, pois gostam de correr, brincar e por esse motivo, podem até fugir com frequência.

Nesse caso, um bom adestramento do Husky,  resolve, e é recomendado que o cão seja treinado desde filhote. Importante não dar brecha e seguir na consistência, para que os tutores consigam estabelecer regras e atuem impondo respeito do animal. 

É muito fácil que eles assumam o controle por serem bastante descomprometidos com ordens. Mas, é possível não deixar isso acontecer. Não desistir de ensinar é o primeiro passo. Se puder, o apoio profissional para o treinamento, faz toda a diferença. No fim das contas, vale muito a pena investir nesse cachorro peludo. 

Principais cuidados com o Husky 

Os Siberianos exigem cuidados com os pelos, alimentação e saúde. Confira algumas dicas que preparamos para deixá-los confortáveis e saudáveis.

O que um Husky Siberiano pode comer?

Você deve considerar não só o porte do Husky Siberiano, como também o fato dele ter bastante energia. Esse cachorro tem a tendência de não parar por um segundo, e uma alimentação boa é aquela que satisfaça totalmente o animal. Por isso, compre rações específicas para porte médio e alimente-os pelo menos duas vezes ao dia. Para o Siberiano Filhote, a quantidade de vezes deve ser maior. 

Husky Siberiano: cuidados gerais

Essa raça geralmente sofre bastante com tártaro, por tanto, a saúde dos dentes deve ser preservada pelos tutores. A escovação dos dentes é essencial e deve ser feita com frequência. Além dos dentes, as unhas e os banhos também são fundamentais. Procure um profissional para cortar as unhas do cachorro e dê banhos, caso ele fique muito sujo. 

Cuidados com o pelo do Husky

É recomendada a escovação diária do pelo para mantê-los limpos e principalmente, cuidar quando os pelos estão em fase em que estão caindo. Desta forma, os tutores também podem optar por levar o cachorro peludo ao veterinário pelo menos, a cada dois meses para tosar. 

Cuidados com o Husky Siberiano no Brasil

Esse é um dos pontos essenciais sobre os cuidados desta raça. Esses cães são bastante acostumados a temperaturas um pouco mais frias. Por tanto, se você está localizado no sul do país, em estados quentes, atente-se em manter uma temperatura térmica que possa proporcionar conforto ao animal. Em dias mais quentes, adote práticas específicas para cuidar do seu Husky no calor. 

Conclusão:
Não tem como gostar de um Husky Siberiano, não é mesmo? Então, prepare o espaço ideal para este cachorro na sua casa e siga as nossas dicas, que você e sua família vão se dar muito bem com ele. Se você deseja se aprofundar ainda mais sobre os Huskys, temos mais conteúdo em nosso blog. Não deixe de conferir.

Saiba Mais: https://www.animalepetshop.com.br/blog/pastor-australiano-conheca-essa-raca-adoravel/

Instagram: https://www.instagram.com/animalepetshop/


Posts Relacionados

obesidade-nos-cachorros


12 de fevereiro de 2014 Ver mais >
castracao-evita-doencas


14 de fevereiro de 2014 Ver mais >
ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail