• home
  • Blog
  • Por que levar seu pet regularmente ao veterinário?

icone-calendario 16 de setembro de 2021

Por que levar seu pet regularmente ao veterinário?

por-que-levar-seu-pet-regularmente-ao-veterinario

Muitos donos acreditam que só é preciso levar o pet ao veterinário se ele estiver doente, mas na verdade esse profissional é essencial para manter a saúde dos animais de estimação em outros momentos também.

Para saber com que frequência e em que circunstâncias levar o seu pet ao veterinário continue a leitura. 

Quando ir ao veterinário?

Cada fase da vida do seu pet tem uma regularidade ideal de visitas ao veterinário, pois assim o médico pode verificar a saúde do animal, fazer a prevenção de doenças e passar os exames necessários. 

As recomendações para cada etapa são:

  • Filhotes (até os 6 meses): Por conta das vacinas e para acompanhar o crescimento do filhote é recomendado ir em consultas mensais. Nesse período o veterinário pode prescrever os cuidados básicos com o pet.
  • Adultos (a partir dos 7 meses): A partir dos 7 meses as consultas com o pet passam a ser anuais. Nelas o animal irá receber as vacinas de reforço e será feita uma avaliação clínica geral da sua saúde.
  • Idosos (a partir dos 7 ou 8 anos): Com 7 anos os animais de estimação já são considerados idosos e por isso vão precisar de consultas semestrais. Aqui o veterinário tem como fazer a avaliação e também passar alguns exames para ver como está a saúde do seu companheiro.

Check-ups, exames e vacinas

Durante as consultas com o veterinário é possível atestar a saúde do pet fazendo um check-up geral. Passar por esses exames físicos, e, se necessário, pelos laboratoriais, é essencial para prevenir doenças e garantir que o animal esteja saudável. 

Outro ponto importante são as vacinas, que precisam ser aplicadas com certa frequência e variam de acordo com a espécie. Aquelas mais recomendadas para cães e gatos são:

  • Cães: V10, que é tomada em três doses e precisa de reforço anual. A vacina contra a giardíase e gripe, que é dada aos dois meses, com um intervalo de 2 dias após a primeira dose. E a vacina antirrábica, que é anual e obrigatória.
  • Gatos: Quíntupla, ministrada nos primeiros quatro meses de vida em três doses e que precisa de reforço anual. E a vacina antirrábica, anual e obrigatória.

Doenças

Caso o veterinário identifique o sintoma de alguma doença no seu pet, ele imediatamente irá encaminhá-lo para realizar exames laboratoriais que atestem a complicação. Isso permite que o animal seja tratado com antecedência e possa ter qualidade de vida.

As doenças mais comuns que podem ser identificadas durante essas visitas ao veterinário são: 

  • Alergias, muitas vezes alimentares;
  • Artrites/artroses;
  • Cistite;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Doenças endócrinas como hipotiroidismo (em cães), hipertiroidismo (em gatos) e diabetes;
  • Doenças periodontais;
  • Doenças renais, especialmente em gatos acima de 8 anos;
  • Obesidade;
  • Otite;
  • Vermes;
  • Câncer, principalmente animais acima de 8 anos e não castrados e gatos de vida livre;
  • Leishmaniose;
  • Doença do carrapato;
  • Insuficiência renal;
  • Intoxicação.

Seguindo essas orientações o seu pet com certeza terá uma vida mais saudável! Compartilhe essa informação e aguarde, em breve voltaremos com mais conteúdo sobre o mundo pet.


Posts Relacionados

vida-de-princesa-e-vida-de-principe


3 de fevereiro de 2014 Ver mais >
alimentacao-do-seu-pet


4 de fevereiro de 2014 Ver mais >
ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail