Ser um tutor de cão é uma tarefa árdua, exige muito da gente em alguns momentos e certas vezes até decisões complicadas. Uma delas é na hora de optar ou não pela castração. Pode parecer uma tarefa simples, mas é uma decisão que ainda gera polêmica por aí.

Cachorro triste

Muitos veterinários são totalmente favoráveis ao método e se apoiam em vários argumentos para o “sim” à castração. Mas é preciso tomar vários cuidados com o cachorrinho nesse período, pois a saúde do cão pode ficar fragilizada enquanto se recupera.

Um dos motivos da castração ser bem aceita pelos veterinários é inclusive a longevidade dos cachorros. De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos pela Universidade de Geórgia, a expectativa de vida de cães castrados é maior em relação aos que não são esterilizados. 

Dos animais que foram avaliados no estudo, os cães machos não castrados chegaram a viver uma média de 7,9 anos, enquanto os que foram submetidos ao procedimento, atingiram uma média de 9,4 anos. A pesquisa acompanhou cerca de 40 mil cães, de 1984 a 2004.

Além de disso, a castração pode representar mais qualidade de vida para o seu pet. Ela pode ajudar na prevenção de tumores de próstata e testículos nos cachorros machos. Já em fêmeas, a castração reduz a possibilidade de câncer de mama.

| Leia nosso artigo de sobre câncer de mama em cadelas e gatas

Se a castração for realizada antes do primeiro cio, a cirurgia pode reduzir em 95% as chances do surgimento de tumores de mama na fase adulta. Isso porque este tumor se desenvolve com o aumento do hormônio produzido pelo ovário.

Vamos saber mais sobre castração? Veja as principais dúvidas sobre o assunto logo abaixo!

01 Quando realizar a castração?

Como falamos antes, na fêmea é essencial que a cirurgia seja feita antes do primeiro cio, para diminuir os riscos de neoplasias. Após o primeiro cio os riscos aumentam para 8% e após o segundo cio o risco é ainda maior, 26%.

Já com os machos, a recomendação é para que a cirurgia também seja feita cedo. No entanto, não existe uma idade limite para que o procedimento de retirada dos testículos seja feito. Tudo depende do estado de saúde do animal. 

02 Tem riscos?

Assim como em toda e qualquer cirurgia, a castração também apresenta riscos. Mas esses riscos estão geralmente relacionados à experiência dos profissionais que farão o procedimento, estrutura clínica e saúde do cão. 

Uma recomendação é que o animal seja avaliado previamente. Assim, os exames pré-cirúrgicos apontaram o risco de acordo com a saúde do pet.  Outro cuidado MUITO importante é a escolha do profissional que fará o procedimento. 

Nunca opte por castrações clandestinas, pelo bem do seu pet. Exija a presença de um anestesista veterinário, profissional fundamental para que o processo seja feito da maneira mais correta o possível. 

03 Castração muda comportamento? 

Não necessariamente, se estivermos falando de agressividade, por exemplo. Uma das coisas que pode acabar mudando é a tendência a marcar território. Isso pode acontecer em menor frequência. 

Ainda sobre a agressividade, até pode acontecer com alguns cães de a agressividade diminuir após a castração, mas não é regra, visto que esse é um comportamento aprendido. 

04 O cachorro engorda após a castração? 

Essa é realmente uma dúvida muito frequente entre os tutores. A resposta é sim, o cão pode engordar após o procedimentos. Mas não confunda as coisas, ele não engordará por causa da cirurgia em si e sim porque tende a ficar mais inativo e sedentário. 

05 Como funciona a recuperação? 

Todo processo pós-operatório envolve dor, com a castração não é diferente. Mas seguindo as orientações do veterinário, você evita que seu cãozinho sofra nesse período mais do que o natural. Uso de analgésicos e anti-inflamatórios nos horários corretos tranquiliza essa fase e aliviam as dores. 

Gostou do nosso artigo? Fique ligado, toda semana temos novidades aqui no Blog. E se tiver alguma dúvida sobre castração, ligue para a gente, aqui na Animale temos sempre uma equipe disposta para te atender.


ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail