Você sabia que o Chihuahua é considerado uma das menores raças de cachorro do mundo? Mas não se deixe enganar pelo tamanho, esse pet tem energia para dar e vender, além de ser destemido e cheio de coragem.

Cachorro Chihuahua filhote no campo feliz

Muito popular entre os fãs de cães pequenos, o Chihuahua tem diversas características apaixonantes. Quer saber mais sobre elas? Então continue a leitura e veja tudo sobre esse doguinho.

De onde veio o Chihuahua?

Esta raça tem sua origem no México e, inclusive, o nome Chihuahua é o mesmo do maior estado da República Mexicana. Acredita-se que o pet vivia de maneira selvagem até ser domesticado pelos indígenas que habitavam a região.

Os ancestrais do Chihuahua são os cães Techichi, que aparecem em ilustrações decorativas da antiga arquitetura da região de Tula. Eles eram muito adorados por suas famílias, além de serem creditados como guias das almas no submundo

Esse cãozinho ancestral viveu entre os séculos X e XI, o que fortaleza a ideia de que essa é a raça de cachorro mais antiga da América do Norte.

Características físicas

Como dá pra perceber, o Chihuahua tem um tamanho diminuto, por isso a raça fica entre os 18 cm e 25 cm, além de pesar no máximo 3 kg. 

Esse pet também tem uma grande variedade de cor para os pêlos, podendo ser branco, preto, chocolate, vermelho ou creme. 

Outra característica da sua pelagem é que ela apresenta dois tipos: os de pelo longo, com madeixas mais finas e sedosas, lisas ou até um pouco onduladas. E tem também os de pelo curto, que é mais brilhante e macio.

Personalidade e temperamento do Chihuahua

O Chihuahua tem uma personalidade bem alerta e animada, sendo muito devoto e leal aos donos. A raça é bastante inteligente, aprendendo comandos com facilidade e sendo uma ótima companhia.

Seu temperamento pode ser bastante atrevido, por isso é importante acostumá-lo a eventos rotineiros, como barulhos, passeios na rua e a visita de pessoas de fora. Por isso, tenha certeza de investir na sua socialização desde filhote.

Bastante brincalhão, é preciso tomar cuidado na hora de se divertir com esse pet, já que ele se machuca com facilidade. Além disso, o Chihuahua tem tendência a proteger seus donos e ser mais reservado com estranhos.

Cuidados gerais com o Chihuahua

Quando bem cuidado, esse doguinho pode viver por até 20 anos! Para isso é preciso se atentar a questões de saúde, como problemas cardíacos, glaucoma, luxação de patela e hidrocefalia.

E como um bom cãozinho cheio de energia, esse pet precisa de passeios regularmente, sendo preciso pelo menos 30 minutos diários de exercícios para que ele fique em forma.

Outros cuidados incluem:

  • Dar banhos mensalmente;
  • Escovar seus pelos todas as semanas;
  • Fazer a higiene bucal pelo menos duas vezes por semana;
  • Evitar exposição a baixas temperaturas. 

Agora que você já conhece todas as características do Chihuahua pode decidir se ele é o companheiro ideal para você. Fique ligado no nosso blog, em breve voltaremos com mais dicas sobre o mundo pet.

Apesar das suas dimensões reduzidas, possui uma natureza forte e caça em forma insuperável. Poucos cães de pequeno porte podem-se comparar ao Chihuahua. É classificado como cão de salão e de luxo, e possui toda a graça travessa do terrier.

Origem

A história da raça Chihuahua é, como a de tantas outras raças de cachorros, intrigante e as teorias sobre a origem antiga da raça são muitas. No entanto, levando em conta as evidências arqueológicas encontradas no México, assim como o próprio folclore mexicano, é certo que a raça teve, de fato, origem no México. Figuras de um cão miniatura, com a aparência do Chihuahua foram encontradas nessa região, e a teoria mais provável é que seu ancestral direto, o Techichi, teria vivido de forma selvagem na época da civilização Tolteca, quando foi capturado e domesticado por seus habitantes.

Apesar de não haver registros precisos de um cão com essa aparência anteriores ao século 9, é provável que o ancestral do Chihuahua estivesse presente nessa região desde tempos anteriores à civilização Maya. Muitos registros foram encontrados ao longo da história, principalmente na região da província de Chihuahua, e as evidências sugerem que a raça já estava presente no México por pelo menos 1400 anos antes da chegada dos colonizadores europeus.

Temperamento 

É um cachorro rápido, alerta, dotado de grande agilidade, cheio de vida e coragem. Como cão de guarda, o Chihuahua está sempre alerta. Valente, o cachorro da raça Chihuahua é capaz de, corajosamente, enfrentar a cães maiores. É muito afetuoso com o dono mas não tolera facilmente os desconhecidos. Late furiosamente, dando o alarme ante o menor movimento suspeito.

É uma raça que apresenta uma tendência muito forte de proteção em relação a um único dono. Pode tornar-se super protetor quando adulto, havendo a possibilidade de demonstrar agressividade com pessoas estranhas e até mesmo com outros animais da casa. A socialização precoce é essencial para que o cão da raça Chihuahua não abuse da sua característica protetora, especialmente em casas com outros cães. É conhecido ainda, por aceitar melhor outros Chihuahuas, já que pode não se adaptar com facilidade aos cães de outras raças.

O Chihuahua é um cão sensível, e o temperamento do dono, assim como o ambiente em que é criado, pode influenciar fortemente no temperamento do cão depois de adulto. Não é uma raça especialmente tolerante com crianças menores, pode atacar se provocado, portanto é mais indicado para proprietários adultos, ou para famílias que tenham crianças mais velhas, que saibam lidar com o temperamento agitado e pouco paciente do Chihuahua.

Descrição e aparência

É possível que o Chihuahua seja a menor raça de cachorro que existe. A característica mais notável desta raça, entre todas as demais, é sem dúvida, o seu minúsculo tamanho.

Corpo

O corpo do Chihuahua é enxuto, apresenta a forma de um cão compacto. O crânio é arredondado, e tem a forma de uma maçã, característica considerada de extrema importância de acordo com o standard oficial da raça. O focinho é curto, mais largo perto da cabeça, afinando para a ponta, apresentando um stop bem marcado, largo e profundo. A trufa é moderadamente curta, aponta ligeiramente para cima e pode apresentar qualquer cor.

Os olhos do Chihuahua são grandes, redondos, muito brilhantes e cheios. As cores mais claras são aceitas, porém a cor escura é considerada ideal. As orelhas são grandes e bem separadas entre si, aredondadas na ponta. Quando em estado de alerta mantém-se eretas. A cauda do Chihuahua é moderadamente longa, inserida alta, curvada ou formando um semicírculo com a ponta direcionada para a região lombar, larga na raiz e afinando gradualmente em direção a ponta.

A pelagem do Chihuahua pode ser longa e ondulada (em exemplares mais raros), ou curta, aderente e brilhante, na maioria dos exemplares.

Pelo longo: A pelagem do Chihuahua de pelo longo é fina, sedosa, lisa ou levemente ondulada. O sub pelo não é muito denso. Mais longa, a pelagem pode formar franjas nas orelhas, no pescoço, na parte traseira dos membros, nas patas e na cauda.

Todas as cores são aceitas, em todas as suas tonalidades e combinações, com exceção do merle. Na raça Chihuahua a altura não é um fator citado pelo standard, somente o peso. De pequeno porte, os cães desta raça devem apresentar entre 1,5 e 3 kg. Apesar de não serem raros os exemplares com menos de 1 kg, somente os cães com mais de 500 gr são aceitos nas exposições de beleza.

Filhote de Chihuahua em Fortaleza

ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail