O Pug é um cão tranquilo, muito carinhoso e adora a companhia do dono. Nesse artigo você irá saber mais informações sobre esse cãozinho.

download grátis | Pug fulvo adulto, Cães, Pug, HD papel de parede |  Wallpaperbetter

Origem do Pug

O Pug é um cachorro que tem origem na China e é uma das raças mais antigas do mundo! Alguns registros mostram que os Pugs eram cercados de luxo, sendo que seus donos pertenciam à realeza.

Foram os holandeses os responsáveis por trazer esse cão para o ocidente.

A raça já recebeu vários nomes como “Dugollo” na Espanha, “Mops” na Alemanha, mas foi por volta de 1688 que o nome Pug foi atribuído a raça.

Eles foram registrados no American Kennel Club (AKC) em 1885.

Características do Pug

Eles são cães de pequeno porte, com uma cara cheia de dobrinhas, um focinho curto e achatado, além de olhos grandes e escuros.

As cores mais comuns da raça variam entre o preto e o abricot, que é um bege claro.

Seus pelos são curtos, finos e lisos. É importante destacar que ele solta bastante pelo durante todo o ano.

Eles têm uma expectativa de vida entre 12 e 14 anos.

Tamanhos e porte do Pug

O Pug tem uma altura que varia de 25 a 30 centímetros e um peso que varia de 6 a 8 quilos.

Personalidade e temperamento do Pug

O Pug é um cachorro de companhia. Eles são muito carinhosos, apegados aos seus donos e fiéis. 

Eles são muito sociáveis e se dão super bem com crianças, adultos, idosos e outros animais. Amam a companhia e se apegam muito aos donos.

Eles não gostam de ficar muito tempo sozinhos ou isolados e por conta disso eles podem desenvolver ansiedade de separação.

É importante que ele seja educado para se acostumar a ficar sozinho e não desenvolva hábitos indesejados. 

Para o adestramento vai ser necessário um pouco de paciência, pois eles podem ser um pouco teimosos, mas eles têm capacidade de aprender rapidamente.

Cuidados com o Pug

Alguns cuidados com o cãozinho são importantes para o dia a dia.

Os Pugs costumam soltar muito pelo, por isso é bom manter diariamente a escovação para evitar que os pelos se espalhem pela casa.

Eles não precisam de banhos com uma frequência muito alta, mas é preciso manter uma higienização regular nas suas dobrinhas.

As unhas são fortes e crescem rápido, portanto elas precisam ser cortadas frequentemente para evitar que ele se machuque.

Limpe os olhos dele de vez em quando e os mantenha hidratados para prevenir problemas oculares.

Eles são cachorros braquicefálicos. Isso se refere ao seu nariz achatado. Por conta disso eles têm dificuldades na respiração, o que o faz roncar.

A quantidade de exercício necessária é moderada por conta da sua estrutura física que não permite atividades muito intensas.

Saúde do Pug

Eles são cães com síndrome braquicefálica, ou seja, têm o seu focinho achatado e por conta disso, eles apresentam certa dificuldade de respiração.

Eles não podem realizar exercícios muito intensos, mas manter uma rotina de exercícios como caminhadas, é muito importante pois o Pug tem tendência a obesidade. Escolha bem o horário da atividade para evitar um calor muito intenso que traz malefícios para o Pug.

Esteja atento nas dobrinhas dele pois elas podem facilitar a presença de doenças.

Alimentação do Pug

Existem várias opções no mercado, então é importante prestar bastante atenção na escolha feita para a dieta do Pug.

Por conta da sua tendência à obesidade é necessário cuidar da quantidade e qualidade da alimentação, levando em conta a sua idade e peso.

Conclusão

O Pug é um excelente companheiro que se adapta muito bem a vida em apartamento e que é muito amável e apegado à sua família. E aí? Quer saber mais sobre os Pugs? Visite agora mesmo o nosso blog.

Pug, a raça mais companheira para você – Animale Petshop
Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais (patasdacasa.com.br)

Na procura de uma super companhia daquelas que gosta de está junto, que acompanha você pela casa, fica no seu pé mesmo, mas ainda assim não é excessivamente carente? Tenha um Pug, a raça mais companheira. Extremamente apegado aos seus donos os Pugs são muito brincalhões e adoram receber carinho, excelente opção para crianças e idosos. Nós separamos para você algumas curiosidades sobre o pug, que conquista muitos corações apaixonados que se tornam verdadeiros fãs da raça Pug.

Tido como animal de estimação da nobreza, acredita-se que seja de origem europeia ou asiática. Seu nome significa “coisa diminuta”, como foram nomeados pelos ingleses. A raça é bastante querida e possui muitas curiosidades. Confira algumas delas.

Características

  • Raça de pequeno porte possui um focinho bastante achatado e pelos curtos. Com suas rugas simpáticas e olhos nada discretos possui um olhar dócil e conquistador.
  • A cabeça do pug é a característica mais original e típica da raça.
  • Seu rabo em espiral lhe confere muito sucesso. Pois a cauda é implantada acima da garupa e deve ser fortemente enrolada..
  • Pode alcançar entre 25 e 28 cm de altura e entre 6 a 11 kg.
  • Sua expectativa de vida é entre 13 e 15 anos.
  • Uma característica diferenciada é o seu latido, o som emitido é muito parecido com um roncar, intercalado com grunhidos como se o cão estivesse engasgando. Porém quando quer se comunicar com alguém seu latido é mais agudo e longo.
  • Os pugs têm basicamente duas cores: arbricot (em várias tonalidades) e preto.

Personalidade

  • É uma raça muito sociável e fiel.
  • São muito carinhosos, mas sem apresentar sintomas de carência excessiva.
  • Latem muito pouco.
  • Adoram colo
  • A função original do Pug é de cão de companhia, está sempre atrás do dono, mesmo quando não é chamado.
  • Por ser extremamente dócil ele se adapta rapidamente à presença de estranhos.

Inteligente e brincalhão também se dá bem com crianças e idosos.

Cuidados

  • Por causa do seu focinho achatado, o pug possui síndrome braquicefálica, assim como o buldogue francês, o buldogue inglês, o shihtzu e outros. Por esse motivo eles têm uma dificuldade para respirar, o que os deixam mais sensíveis ao calor, frio, umidade intensa, e atividade físicas em excesso.
  • Suas famosas dobrinhas fofas facilitam o surgimento de dermatites (irritação e alergias da pele, um problema comum a essa raça. Mantenha as ruguinhas limpas e sempre bem secas para impedir infecções.
  • Por ter olhos saltado é mais suscetíveis ao surgimento de ceratoconjuntivite, ou olho seco. Fique atento se há vermelhidão na região, ou se ele coça os olhos com a patinha.
  • Os pugs têm tendência a engordar, e isso não é bom para a respiração deles. Mantenha sempre um dieta equilibrada e uma caminhada diária.

Curiosidades sobre o pug

  • Josephine, esposa de Napoleão, usou Fortuna, seu pug para levar mensagens secretas para o seu marido, enquanto estava no presídio de Les Varmes.
  • A raça ganhou destaque ao aparecer no cinema no filme, MIB, Man In Black, na sequência do filme ganhou mais espaço.

Gostou? Na Animale Pet Shop você encontra os filhotes de pug!

Eles são cães antigos e talvez você não saiba, mas: eles são chineses! Sim! O primeiro registro do Pug foi na antiga China, onde foi descrito um cachorro de patas curtas, mas fortes e focinho achatado. Quer saber mais sobre essa raça mais companheira? Fica aí que vamos te contar tudo.

A carinha dele não nega: ele é um fofo! E não há quem não reconheça um Pug. Suas características são únicas: pernas curtas e fortes, corpo redondo e roliço, orelhas caídas, uma cara redonda, com focinho achatado e olhos esbugalhados e a cauda enroscada. Se houvesse um prêmio de fofura do mundo, com certeza ele ganharia.

Sua personalidade também chama atenção: o Pug é calmo por natureza, amigável e muito receptivo, o que o faz uma companhia adorável. Ele pode se dar bem tanto com as pessoas da casa, quanto com outros animais. O Pug é um favorito e não é à toa! Ele é companheiro, leal e um amigo para todas as horas.

O Pug tem duas variações de cor: o preto e abricot (que varia bastante as tonalidades). O mais marcante em um Pug e que o torna tão famoso, é sua carinha, que deve ser redonda vista de frente e com o focinho bem achatado quando visto de perfil. Muitas pessoas acham que Pugs são parentes de Bulldogues Franceses, mas a verdade é que, se formos comparar a alguma raça, ele é mais parecido com o Pequinês, que tem origem e história bem parecidos.

Focinho

Falando em seu focinho achatado, esse é um dos principais cuidados que o dono de um Pug deve atentar-se. Eles são braquiocefálicos, o que dificulta sua respiração, por isso os exercícios devem ser leves, apenas o suficiente para que seu amigo mantenha a forma. Pugs também tem tendência a obesidade, então, cuidado com a alimentação. Consulte um veterinário para que ele passe a melhor dieta.

O Pug é um cão atencioso e carinhoso, o que pode desenvolver carência de abandono. Não o deixe sozinho por tempo demais. Ele vai sentir falta das brincadeiras e da companhia de seu tutor.

Gostou? Na Animale Petshop você encontra o filhote de Pug, a raça mais companheira.

ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail