Os cães Siberianos, são bastante alegres e terrivelmente energéticos. Além disso, eles são reconhecidos por serem teimosos e, por esse motivo, se tornam um pouco difíceis para lidar no dia a dia. Mas nada que uma boa forma de adestramento não resolva. Por isso, separamos algumas dicas para você começar a praticar com seu Husky de uma forma simples e prática. Continue com a leitura. 

cachorro husky siberiano filhote em folhas amarelas

Compreenda o Husky

O primeiro passo é reconhecer esse treinamento, como uma prática essencial para conhecer melhor o cachorro peludo. Então, entenda como uma oportunidade de se aproximar mais e aprimorar a sua comunicação com ele. Entendendo mais quais são as linguagens de comando mais eficientes para ele entender você, e você, a ele. 

Tenha uma posição alfa

Os cães siberianos são da matilha e por serem designados dos povos caçadores-coletores, possuem instintos fortes e por seguirem uma hierarquia, são animais, além de teimosos, também independentes. Por isso, seja firme e não dê brecha ao cão. Caso contrário, você poderá sofrer sérias consequências com maus comportamentos. 

Além disso, não a trate de igual pra igual, sempre comunique-se com ele, de um jeito que entenda que é você quem manda em todas as coisas que vocês vão fazer juntos – comer, passear, brincar e outras coisas. 

Inicie o treinamento desde cedo

Assim como outras raças precisam ser ensinadas desde cedo a seguir regras que seus tutores impõem, com os Siberianos não são diferentes. Eles precisam saber desde muito cedo quais são os limites, o certo e o errado.

No entanto, um Husky Siberiano filhote pode ser ensinado desde os seus primeiros meses, o mais indicado nos seus 3 a 4 meses. Mas, isso não quer dizer que um Husky um adulto também não possa ser adestrado. O processo é um pouco mais árduo, mas é possível.

Saia com seu Husky Siberiano com um Guia 

Para um cão forte como um Siberiano, uma guia pode ser um ótimo recurso para ensiná-los durante uma caminhada em locais abertos. Nesses casos, você pode explorar os comandos, treinando-o a vir até você, por exemplo. E se algo sair do controle, você tem a guia para não deixá-lo fugir ou se rebelar.

Não mude de opinião

De nenhuma forma facilite para um Husky, assim como crianças que se aproveitam quando você abre uma brecha nos ensinamentos ou quando muda de opinião, o cachorro peludo também pode se aproveitar muito bem disso. 

Elogie e recompense seu Husky

Quando você começar a aplicar os ensinamentos de comandos e o seu Husky obedecer, não esqueça de recompensá-lo pela boa ação com carinho ou até mesmo petiscos. Demonstre que ele está fazendo certo, pois é a melhor forma de incentivo, para ele continuar assim.

Os elogios são outra coisa essencial, quem não gosta de ouvir algum, não é mesmo? Por isso, toda vez que ele acertar em algo fale “Muito bem”, “Isso aí amigão” ou “Continue assim”. Pode ter certeza que um Husky ama elogios e tendem a ser cada vez mais fiéis, quando percebem que seus tutores estão orgulhosos. 

Tenha paciência e ensine-os com amor

Como comentamos aqui, os cães siberianos são muito independentes. Realizar o devido adestramento não vai ser uma tarefa fácil. Não desista, mantenha a firmeza e demonstre afeto. Faça com amor, é isso que no fim das contas, mais importa para o cachorro peludo. 

Mantenha os Huskys longe dos felinos 

Os Huskys Siberianos não são violentos, mas, tendem a se estranhar com felinos, como os gatos. Então, evite deixá-los perto de um que possa distrair o cão dos devidos ensinamentos. 

Conclusão:

Gostou dessas dicas? têm praticado com o seu Husky ou já praticou? Então comenta aqui nos comentários a sua experiência e ajude outras pessoas. 

Filhotes de Husky em Fortaleza

Instagram:  https://www.instagram.com/animalepetshop/

Os Huskys Siberianos, também conhecidos como cachorro lobo, tem um histórico de origem entre os povos caçadores-coletores. E por isso, possuem algumas características peculiares de comportamento e personalidade. Apesar da sua semelhança física com um lobo, não é um animal que apresenta ameaças, mas, vivem atentos e desconfiados. Confira mais detalhes neste artigo. 

cachorro husky siberiano na floresta

Temperamentos do Husky Siberiano

De modo geral dá para dizer que os Huskys são bastantes alertas com tudo que os cerca. E não é para menos, são animais que surgiram durante a pré-história entre os povos nômades que a todo momento precisavam ficar atentos, pois, viviam da caça.

Por isso, as personalidades e características deste cachorro peludo, se assemelham com seus ancestrais selvagens, mas, não se preocupe, é um cão muito companheiro e brincalhão para se ter em casa. Com alguns cuidados de adestramento, é possível ter uma vida normal com eles.

Como é ter um Husky Siberiano em casa?

Os Huskys gostam de fazer parte da família, são muito sociáveis e brincam bastante. Disposição? Eles têm de sobra, difícil é achar uma pessoa que acompanha o seu ritmo, para brincar com crianças são ideais, pela alta energia e disposição. 

No entanto, se você mora em apartamentos e casas pequenas, você pode sofrer bastante com essa energia do cachorro peludo. Recomendamos que esses cães vivam em lugares de muito espaço e, de preferência, fiquem em lugares abertos. Isso porque eles correm bastante e como você já viu, eles brincam muito.

Além dessas características existem outras que podem fazer você se apaixonar ainda mais por esta raça. Dá uma olhada:

Independentes

Esses cães embora muito afetuosos e amorosos com as pessoas, também ficam muito bem sozinhos. Uma das características que também imita os povos da Ásia, onde se deu sua criação. 

São sociáveis e péssimos cães de guarda 

Esses cachorros geralmente são escolhidos pelos motivos errados. Muitas pessoas acham que eles foram feitos para serem cães de guarda ou de caça, pela sua origem. Mas, não são nem um pouco recomendáveis para tais serviços. O motivo deles serem muito sociáveis até com estranhos, elimina qualquer tipo de probabilidade de servirem para vigia.

Receptivos

Além da socialização que o cachorro faz muito bem com humanos e até outros animais, eles também são cães muito dóceis. Sim, eles gostam de ficar sozinhos, mas se você passou o dia todo fora, pode ter certeza que quando chegar em casa, terá uma recepção calorosa e animada de um Husky.

São fiéis aos seus tutores 

Os Huskyes Siberianos na época dos povos primitivos, foram criados para trabalhar e conviver entre família e por isso, são cachorros muito fiéis e defensores de seus donos. . 

O Husky Siberiano é perigoso?

Por apresentarem um porte médio, a família deve estar atenta aos movimentos bruscos do cão, para não machucar a criança ou passar pela casa derrubando tudo. Apesar disso, são excelentes cachorros para se conviver.

No entanto, às vezes o lado obscuro pode falar mais alto, quando se trata de felinos ou se é atacado por outros animais, pode ficar agressivo e desenvolver este instinto de defesa pessoal. Em relação aos gatos, eles possuem certa estranheza, por isso, mantenha-o longe de um. 

Como a própria história dos Huskyes mostra, eles ajudaram a salvar vidas dos povos indígenas localizados no noroeste do Canadá, que ficaram isolados por causa de uma tempestade, e por sua vez, os cachorros peludos foram responsáveis por transportar medicamentos e suprimentos para a localidade. 

Além disso, os cães perigosos são aqueles que não são dóceis e não podem chegar perto de uma pessoa estranha. Uma vez que os Siberianos são totalmente diferentes e, podem chegar perto de qualquer indivíduo que o receberá muito bem. 

Conclusão: 

Então, agora que você sabe quais são as características e principais temperamentos dos Siberianos, compartilhe com outras pessoas. Eles estão longe de ser cães bravos e não tem quem não goste da sua companhia. 

Filhote de Husky em Fortaleza

Instagram: https://www.instagram.com/animalepetshop/

ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail