roedores de estimacao

Eles são fofos, pequenos, engraçados e muito legais para criar. De quem estamos falando? Claro que dos roedores de estimação.

Quando o assunto é criar um pet os primeiros animais que vêm à mente são os cachorros e gatos. Mas os roedores também têm um grande mercado e já conquistaram o carinho de muita gente.

O melhor de ter um roedor de estimação é que existem diferentes espécies para escolher e cada uma delas possui características específicas.

E gente , não, não são todos ratos! Eles até podem ter a cara parecida, mas são diferentes. Geralmente mais fofos, mais graciosos, menores e nada assustadores, por exemplo.

Vamos entender mais sobre esse bichinhos maravilhosos? 

Qual o habitat dos roedores de estimação?

roedor fofo

Além da gaiola, os roedores de estimação precisam de uma estrutura própria para eles. Mas não se assuste, não é nada muito trabalhoso. Entre as coisas de que precisam estão: toca, bebedouro, substrato, brinquedos e potinho para comida.

É sempre importante deixar o ambiente bem ventilado. Mas atenção, é ventilação natural, nada de ligar um ventilador na velocidade máxima para os bichinhos, eles não gostam tanto quanto você. 

Dá deixar eles soltos um tempinho? Até dá, mas com supervisão de perto. Digamos que os roedores de estimação são bem curiosos e sairão por aí cutucando tudo que verem pela frente. Se não tiver cuidado, eles podem acabar roendo fios e móveis da casa, por exemplo. 

Ah, e vale lembrar que o lugar mais seguros para eles é dentro da gaiola mesmo. Se ficarem soltos por muito tempo, você pode acabar pisando neles e isso seria trágico. Então lembre-se de mantê-los seguros e com os cuidados necessários.

O que esses bichinhos comem? 

A alimentação dos roedores domésticos deve ser bem balanceada, para evitar problemas de saúde. Geralmente recomendamos que a base da alimentação deles seja de ração peletizada e complementada com frutas e legumes.

A alimentação é de extrema importância até para evitar doenças que podem ser fatais para esse animais. E falando em saúde, algumas doenças que aparecem em espécies como o hamster anão russo, por exemplo são as seguintes: 

  • Diarreia ao ingerir doces ou muita verdura;
  • Queda total de pelo caso falte vitaminas;
  • Conjuntivite por excesso de pó na gaiola;
  • Paralisia neurológica ou perda de movimento das patas traseiras, normalmente por conta de traumas ou quedas.

Tipos de roedores de estimação

Se você quer saber quais os tipos de roedores de estimação pode criar em sua casa, fizemos uma rápidas lista com as principais espécies. 

Camundongos – São menores e mais orelhudos que os ratos, possuem de 6 a 10 centímetros, com uma cauda que pode chegar ao mesmo tamanho do corpo. Geralmente vivem cerca de 2 anos e são bem sociáveis. 

Porquinho da Índia – São animais um pouco maiores e uma boa opção entre os roedores domésticos. Chegam a 25 cm e têm expectativa de vida de 5 a 8 anos. São muito fáceis de conviver em grupo e é ideal manter mais de um na gaiola. Só não deixe macho e fêmea, pois procriam muito rapidamente. 

Hamster – Esse talvez seja o mais famosos da lista. São pequenos, adoráveis e muito divertidos. Adoram exercícios físicos e costumam ser sociáveis, a menos quando falamos de outros da mesma espécie, pois são bem territorialistas. Medem de 7 a 15 cm e chegam a viver 2 anos. 

Esses são os mais populares e comuns roedores de estimação. Gostou da lista? Na Animale você encontra algumas opções para ser seu companheiro. entre em contato e saiba tudo o mais que precisa saber sobre esses fofinhos. 

Até a próxima! 

Você gosta de um coelho orelhudo? Então, vai se apaixonar pelo mini coelho. Amáveis, fofos e muito curiosos, ele é um animalzinho que muitas pessoas passaram a ter em casa, principalmente quando se tem crianças. Mas como todo animal, ele requer alguns cuidados, higiene, alimentação e outras necessidades básicas para a sua sobrevivência. Confira com a gente algumas dessas informações e curiosidades.

Os mini coelhos ou coelhos anões são animais dóceis, interativos e inteligentes. São pequenos mamíferos da família logomorfos e diferentemente do que muitas pessoas acreditam, não são roedores. Podem ser criados em casa ou apartamentos.

Se tornaram uma preferência pelo seu tamanho e pela facilidade de manejo. Enquanto o mini coelho fica com cerca de 40 cm um coelho gigante pode ultrapassar com facilidade 60 cm. Em relação ao peso, o mini coelho adulto pesa até 2,5kg, enquanto um coelho comum pesa de 5-12kg.

Raças

Existem nove raças que são mais famosas. As principais são a Netheland Dwarf, Teddy dwerg, Dwarf Hotot, Mini Rex Mini Lion, Fuzz lop, Mini Lop e Mini Angorá.

Cuidados

O principal cuidado que se deve ter com o coelho diz respeito a sua higiene. Mantenha a gaiola e seus acessórios limpos. A amônia que desprende da urina é irritante para as vias respiratórias.

Mantenha a gaiola longe do sol e do vento. A insolação provoca desidratação, e o vento provoca coriza. Não dê banho no seu mini coelho, se for necessário procure um pet especializado, o excesso de umidade pode provocar fungos na pele.

E lembre de sempre procurar médicos veterinários e clínicas especializadas em animais exóticos e silvestres nos primeiros sintomas de doenças.

Gaiola

Um detalhe que se deve observar é o local onde irá deixar ele, apesar do mini coelho ser pequeno e parecer que não ocupa muito espaço, o ideal é ter uma gaiola com espaço para ele se exercitar e brincar. Na gaiola dele é importante que se tenha uma área como uma caixa, pequena e escura, assim ele irá sentir mais segurança e será um ótimo local para descanso.

Alimentação

Alimentação do mini coelho é muito simples, isso facilita muito o cuidado que deverá investir para seu novo amigo. O mini coelho gosta de comer feno, flores de dente de leão e além da comida é importante ter por perto madeira ou alguma coisa similar para o mini coelho mastigar, isso será bem importante para evitar que ele mastigue a mobília da casa. Se você escolher dar alguma ração é importante usar as orientações da embalagem, evitando assim sobrecarregar o seu mini coelho, isso porque ele irá comer a quantidade que tiver na vasilha, não importa a quantidade que tenha ele sempre irá comer tudo, então tenha muita atenção nesse ponto.

Comportamento

Os mini coelhos são tímidos no início, mas você pode mostrar que ele faz parte da casa e que você irá cuidar bem dele com muito abraço e carinhos. Apresentam, inteligência superior aos seus coelhos comuns, obedecem aos comandos de seus donos e adoram a companhia de humanos.

Gostou? Na Animale Pet Shop você encontra o seu Mini Coelho orelhudo!

Você já pensou em ter um bichinho de estimação que não fosse nem cão ou gato? Se você pensa em ter um animal igualmente fofo e dócil você certamente vai se interessa pelo porquinho da índia pequenino. Um roedor de fácil criação e adaptação que conquista muitos corações. Quer saber saber mais sobre esse roedor? Nós vamos te contar tudo!

Apesar do nome dar a entender que eles são originários da Índia, na realidade os porquinhos tiveram sua origem nas florestas da América do Sul. Eles não são mais encontrados na natureza e se reproduzem apenas em criadouros.

São extremamente sociáveis, tranquilos, amigáveis e adoram brincar, o que os tornam uma ótima companhia para as crianças.

Alimentação

Sua alimentação é  baseada em ração, feno, capim, verduras como brócolis, espinafre e couve flor. Frutas secas também entram na dieta.

Alojamento

O porquinho da índia deve ficar numa gaiola pela necessidade de ventilação. A gaiola deve ser grande para que ele possa se movimentar livremente. A área deve ser dividida  em um espaço que permita que ele se divirta com algum brinquedo, uma área para comer e beber, e um espaço para que ele possa dormir. A higiene da gaiola deve ser constante para não ocorrer contaminação dos alimentos.

Reprodução

No primeiro acasalamento é recomendado que o macho tenha de 3 a 4 meses e as fêmeas de 3 a 7 meses. O período de gestação é de 60 a 72 dias. A fêmea tem de dois a três filhotes, que nascem geralmente com 7 cm e o peso de 75 e 100 gramas. Eles podem ser desmamados após 3 semanas. Sua expectativa de vida é baixa se comparada à vida de cães e gatos. O porquinho da índia vive em média quatro anos.

As principais raças de porquinhos da índia

Inglês: O porquinho da índia Inglês são os mais populares, especialmente no Brasil. Eles possuem pelos curtos e apresentam as cores em tons de branco, caramelo e preto.

Peruano: É uma das raças mais belas por possuírem pelos longos e sedosos, o que exige ainda mais cuidado, pois os pelos devem ser escovados com frequência.

Skinny: O porquinho da índia skinny possui como principal característica o fato de não ter pelos. Ele possui apenas uma pequena penugem no focinho ou nas patas.

Gostou? Encontre um pequenino porquinho da india em Fortaleza perfeito para você na Animale Petshop.

Porquinho da Índia Ingles

Porquinho da Índia Skinny

ilustrativa-newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail